Alguém que nos quer bem é essencial a alguém que nos quer.
No bem querer há amar, libertar, preencher e nutrir para sempre.
No querer há desejar, possuir, prender e despejar de acordo com a maré.
Num somos bicho selvagem, noutro objecto prisioneiro.
Num bicho amor habita o ser, num objecto querer habita o ter.
Há um fogo que aquece e um outro que queima.
Há um fogo que cria e outro que destrói.
Há espaço em ambos, naquele que entende as diferenças nas semelhanças.
O mestre deste fogo, tanto mergulha nas águas, como apanha as ondas.
Alguém que nos quer bem é essencial a alguém que nos quer.

2017-11-29T23:38:09+00:00

Comente com gosto

%d bloggers like this: