Assim foi 2017-01-12T16:56:04+00:00

retiro vida Boa faixa verticalChegamos na sexta-feira, ficando cada vez mais confortáveis no maravilhoso espaço que nos acolhe. Jantamos, sentimos o ar da serra, o som dos grilos e deitados no pátio contemplamos as estrelas e tudo o que nos envolve para o fim-de-semana que se avizinha.
De manhã queixa-mo-nos do chilrear dos pássaros, ainda ressacados da ausência das buzinas. Respiramos fundo e começamos a fluir. Alguns entram no dia com práticas de alinhamento e meditação, outros aproveitam para dormir um pouco mais e espreguiçar-se longamente entre lençóis. Alimentados desfrutamos a manhã ao sabor de vontade, passeios, palestras, mergulhos, conversas e trocas de ensinamentos. Alguns optam por colocar as mãos em massas que mais tarde se poderão comer ou a apanhar alfazemas, rosmaninho e outras.
Almoçamos e stressamos na indecisão de ir tomar um café na aldeia ou dormir uma pequena sesta no jardim. Admiramos os amigos que optam por realizar ambas as actividades.
Com o sol que se suaviza damos início a estudos relaxados. Curas pelo som, aprendendo a cuidar da saúde pelas plantas, remédios caseiros e Massagem. Com o poente damos início a práticas conciliadas milenares, realinhando o interno e externo num ritmo.
Cai a noite e sobe a fome, pelo que paramos e jantamos. O serão estende-se em modo livre entre filmes, tertúlias e a contemplação de estrelas cadentes e ascendentes.
É domingo, no monte além ecoam os sinos da igreja e com estes damos continuidade ao nosso retiro. Nutridos pelos exercícios do sol e um pequeno-almoço no bucho, continuamos nas nossas espontâneas actividades, com sol e movimento. Almoço de domingo no jardim, seguindo-se uma caminhada pela serra e o reconhecimento da flora local e propriedades. Criamos espaço ao imprevisto e à nossa adaptabilidade em fluir.
Senti-mo-nos mais leves, revigorados e com um optimismo primaveril. Felizes de tudo o que experimentámos, questiona-mo-nos se realmente participámos neste retiro ou se foi tudo apenas, um sonho de vida boa.
Dias mágicos que recordamos com um suspiro e um sorriso.

/* Omit closing PHP tag to avoid "Headers already sent" issues. */