(Dia 4 * Montanha do Cavalo Branco 白马山, CHINA 中国 * 05-11-2013)
Julgamentos, suposições, ideias e conceitos tendem a sobrepor-se à capacidade de observar, escutar e descobrir. Tal como minúsculas nuvens que poderão iludir-nos da ausência de algo tão gigante como o sol. Aquilo que nos vela a realidade não é maior que as nossas pupilas. Visível quando desfocamos as formas, torna-se audível no silêncio, entendível quando os pensamentos pacificam, tocável quando as emoções serenam. É tão evidente que se torna invisível. Não se deixa agarrar por nenhuma definição, forma, conceito, sentido, emoção ou razão. Re-pousa em nós quando desistimos de o agarrar. O gambuzino.

By |Novembro 5th, 2014|

Comente com gosto

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.