2011 ║ 50 horas ▒ 

Durante 100 dias consecutivos assistia ao nascer do sol. Mudando a perspectiva do local ou simplesmente do olhar. Em cada dia tirei uma foto, em cada dia meditava sobre o que iria aprender e então escrevia algo. Passou-se tudo em Portugal de Norte a Sul.

Com chuva ou sol, com vontade ou sem ela seguia rumo, procurando um bom local para assistir à sinfonia. Fazia algumas exercícios daoistas, contemplava o espectáculo. Meditava em silêncio, tirava uma fotografia e naquele momento ou ao longo do dia meditava sobre algo que entendia nesse dia. Escrevia um pouco, com os anos perdi esses escritos, ficaram as imagens.

BALANÇO FINAL → 50 h  30 min por dia  durante 100 dias