Eu assisto, tu curas. Eu guio, tu moves. Eu aponto, tu descobres. A tua vontade respeito com a mesma reverência que a minha. Incentivo a tua maneira realizando do meu jeito e juntos caminhamos, cada um no seu próprio passo. Dançamos a mesma música cada um no seu estilo singular. Assim felizes continuaremos, especiais e únicos, como só nós conseguimos ser. Entre os princípios pela qual desenvolvo, um assume-se como o primário : fazer o bem sem me fazer mal. Vindo por bem, sê bem-vind@! Ou sê bem-id@!

Escrever sobre nós é um desafio e tanto… Cada palavra ou definição, parece quase nada.

Apontamos os feitos ou o feitio ? As experiências ou as formações ? Aquilo que nos consideramos bons ou as vulnerabilidades que insistimos em manter na sombra ?

Poderia descrever o que gosto e o que não gosto e ainda assim seria como olhar o dedo que aponta o sol.

Já trabalhei e estudei de quase tudo. Tanto de gravata como pé descalço. Desafio-me constantemente a sair da zona do conforto e tenho vivido experiências generosas que vão do topo da montanha às profundezas do deserto. Ao explorar ali descubro-me aqui, caindo em mim encontro-o a si e através deste movimento na relação, entendo o nós.

Acredito que tudo aquilo a que me dedico interliga-se com tudo aquilo a que me dedico. Que o impossível é resultado da incapacidade de ver o possível e por isso, procuro ver e experimento. Acredito que é possível materializar sonhos se nestes nos empenhamos bem acordados e com a ajuda de outros sonhadores.

vasco-daniel-quote

Vasco Daniel

Subscrever

…a newsletter que é simples e sumarenta.

Confirme o link que receberá no email 📨.

Contacto

✉ email@alqimia.org

Enviar email

Insira código segurança : captcha

Wei Wu Wei

Infográficos Alqimia

O equívoco do 100% macrobiótico